Jornalismo Satírico como elemento diferenciador para conquistar audiências abriu Jornadas da Comunicação

Este ano realizou-se a 20ª edição das Jornadas da Comunicação, um evento criado e organizado por alunos do curso de Jornalismo e Comunicação da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Portalegre.

O Presidente do Instituto Politécnico de Portalegre, Joaquim Mourato, com o diretor da Escola Superior de Educação, Luís Miguel Cardoso, e o diretor do curso de Jornalismo e Comunicação, Professor Doutor Luís Bonixe, e por fim a presidente da 20ª edição, a finalista Cláudia Rocha realizaram a sessão de abertura do evento.

O jornalismo satírico foi uma temática debatida por Filipe Pardal, Mestre na temática do Governo Sombra, José Pedro Silva, da Imprensa Falsa, e João Guimarães, que abordou a temática do Inimigo Público, assunto da sua tese de mestrado.

Os convidados consideraram que a questão política é um tema central de toda a sátira jornalística. Mas a Sátira Jornalística está também presente na restante atualidade, nomeadamente em temas como a economia e/ou a religião, suscetíveis de sensibilidades maiores por parte dos espectadores, leitores ou ouvintes.

Foi ainda abordada a questão da presença ou da falta de limites no jornalismo, a par da liberdade de expressão, e as implicações que tal pode representar ao nível das audiências.

Concluiu-se que o jornalismo satírico pode ser um elemento diferenciador da concorrência para manter elevados os níveis de satisfação da audiência.

Margarida B

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s