SMS – Comunicação Autárquica

O Seminário de Media e Sociedade realizado no passado dia 14 de novembro na Escola Superior de Educação e Ciências Sociais (IPPortalegre), com a temática de “Comunicação Autárquica: Constrangimentos e Desafios“, foi notícias em alguns órgãos de Comunicação Social.

Aqui fica o levantamento dos conteúdos noticiosos sobre o evento:

imagem1 imagem2

imagem1 imagem3

imagem1 imagem4

NÃO À VIOLÊNCIA NO NAMORO – Apresentação na Enove+

Nos dias 2 e 3 de novembro de 2016, a campanha NÃO À VIOLÊNCIA NO NAMORO foi apresentada na feira de emprego e empreendedorismo Enove+, realizada em Estremoz. No seguimento da atividade, foi proposto aos visitantes do stand do curso de Jornalismo e Comunicação (ESECS – IPPortalegre) que escrevessem uma mensagem de apoio às vítimas de violência no namoro.

O resultado é visível na seguinte galeria:

Este slideshow necessita de JavaScript.

O Web Marketing e a comunicação estratégica nas redes sociais

As XX Jornadas da Comunicação incluíram a temática do Web Marketing, que foi debatida pelo Dr. Pedro Garcia, de Portuguese Entrepreneurs e o Eng. Jos Van Der Velden, do SAS Institute Software.

Pedro Garcia desenvolveu o seu percurso profissional na área Marketing Digital e colaborou em diferentes agências de comunicação e de marketing, tendo trabalhado com marcas conhecidas como a Olá, Nestlé, Cornetto, Sumol Limão, a Moche e a TAP.

Do seu ponto de vista profissional, Pedro Garcia afirmou que o marketing digital desenvolvido em Portugal tem sido realizado com base na comunicação estratégica elaborada através das redes sociais.

O Eng. Jos Van Der Velden, é holandês e vive em Portugal desde 1999, uma experiência de vida que lhe permite ter uma perspetiva única sobre esta questão. Este reforçou a importância de utilizar as corretas soluções analíticas que estimulam e melhoram a performance.

Andreia

Nuno Jerónimo, d “O Escritório”, agência premiada com 2 Leões de Cannes, apresentou o caso do anúncio publicitário da Super Bock “o que se passa com a amizade”

Este ano, o evento XX Jornadas da Comunicação, realizado em 2016 na Escola Superior de Educação de Portalegre, contou com a presença de Nuno Jerónimo que recebeu o prémio “Tributo da Comunicação”.

Nuno Jerónimo, atualmente director criativo da agência de publicidade “O escritório”, falou do seu percurso profissional já premiado com dois “Leões de Cannes”. Da sua vasta experiência destacou a campanha publicitária da Super Bock “O que se passa com a amizade?”.

Nuno Jerónimo conta a história: “A ideia deste anúncio surgiu através do desafio lançado pela Unicer, depois de vários estudos concluírem que os consumidores de cerveja não distinguiam as diferentes marcas de cerveja. O desafio passava por reposicionar a marca e levar os consumidores a associar e a relacionarem-se mais com a marca”. O convidado Nuno Jerónimo falou ainda do risco que correu ao lançar esta campanha por ser algo diferente daquilo que a Super Bock costumava apresentar aos seus clientes, alegando que o tradicional não é garantido e que a criatividade serve para surpreender as pessoas. Depois de um ano de a campanha ter sido lançada, concluíram que teve um balanço bastante positivo com mais de 2,5 milhões de visualizações e mais de 30 mil partilhas online.

O sucesso desta campanha era esperado por terem sido feitos alguns levantamentos quanto à opinião das pessoas. A reacção ao anúncio gerou uma onda de jantares e convívio entre amigos de longa data, amigos próximos, levando as pessoas a reencontrarem-se, não só a nível nacional, mas também a nível internacional, havendo campanhas traduzidas para inglês e espanhol.

Margarida L

Jornalismo Satírico como elemento diferenciador para conquistar audiências abriu Jornadas da Comunicação

Este ano realizou-se a 20ª edição das Jornadas da Comunicação, um evento criado e organizado por alunos do curso de Jornalismo e Comunicação da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Portalegre.

O Presidente do Instituto Politécnico de Portalegre, Joaquim Mourato, com o diretor da Escola Superior de Educação, Luís Miguel Cardoso, e o diretor do curso de Jornalismo e Comunicação, Professor Doutor Luís Bonixe, e por fim a presidente da 20ª edição, a finalista Cláudia Rocha realizaram a sessão de abertura do evento.

O jornalismo satírico foi uma temática debatida por Filipe Pardal, Mestre na temática do Governo Sombra, José Pedro Silva, da Imprensa Falsa, e João Guimarães, que abordou a temática do Inimigo Público, assunto da sua tese de mestrado.

Os convidados consideraram que a questão política é um tema central de toda a sátira jornalística. Mas a Sátira Jornalística está também presente na restante atualidade, nomeadamente em temas como a economia e/ou a religião, suscetíveis de sensibilidades maiores por parte dos espectadores, leitores ou ouvintes.

Foi ainda abordada a questão da presença ou da falta de limites no jornalismo, a par da liberdade de expressão, e as implicações que tal pode representar ao nível das audiências.

Concluiu-se que o jornalismo satírico pode ser um elemento diferenciador da concorrência para manter elevados os níveis de satisfação da audiência.

Margarida B

Vitorino Silva, mais conhecido por “Tino de Rans”, partilhou a sua história de candidato independente

No âmbito das Jornadas da Comunicação foi realizado um debate sobre a temática de Marketing Político. Os convidados foram Vitorino Silva, candidato às últimas eleições da Presidência da República Portuguesa, e que foi apelidado pelos jornalistas de “Tino de Rans” e a responsável pela sua campanha política Maria do Céu Rocha.

O percurso profissional de Vitorino Silva iniciou-se com a licenciatura em comunicação e um forte interesse desde muito cedo por questões políticas.

O seu caso é inovador no sentido em que teve a coragem e desenvolveu esforços para realizar a sua campanha política sem apoios partidários. Começou o seu percurso nesta campanha para a presidência como candidato independente, o que implicou a recolha de 818 assinaturas para iniciar a sua candidatura. Recolheu-as na Praia da Rocha durante o Verão, dado que é o local mais frequentado por portugueses durante as férias. Toda a sua família esteve integrada e disposta a ajudar neste processo que lhe deu um elevado reconhecimento de todos os portugueses.

O foco da sua campanha política foi a preocupação pelas pessoas, nomeadamente os sem abrigo e os emigrantes para destacar os direitos e os deveres a exercer na sua vida.

 Vitorino Silva sentiu-se discriminado pelos órgãos de Comunicação Social, dado que deram maior destaque noticioso aos outros candidatos. O ex-candidato concluiu que os 152 mil votos que angariou foi uma grande vitória e que se deveu à sua postura popular.

Patrícia

Communicāre

Após 21 anos do curso de Jornalismo e Comunicação na Escola Superior de Educação de Portalegre (Instituto Politécnico de Portalegre), surge a ideia de criar um espaço onde os alunos do perfil de Comunicação Organizacional pudessem pôr em prática os conhecimentos e técnicas aprendidos durante o seu percurso académico.

Desta forma se criou este blog, Communicāre. Este termo em latim transparece tudo o que a área da comunicação significa no mundo atual – dividir alguma coisa com alguém. A partir de agora, novos conteúdos surgirão, e juntos, alunos e docentes, construiremos um projeto que se pretende ser útil, desafiante e enriquecedor tanto para os atuais estudantes deste perfil, como para os próximos que aí virão.